Blog

Em 16/07/2020 10:50 - Estilo de Vida
Dicas simples para economizar na rotina do novo normal
Consultora de educação financeira do Banco Carrefour mostra hábitos adquiridos durante a quarentena que podem beneficiar as finanças pessoais
    Compartilhe:
Foto: Felipe Vieira

E aí povo! Tudo na vida tem o lado bom, e agora que estamos voltando aos poucos a nossa rotina, com a flexibilizaçãos de alguns setores, vamos avaliar o que a pandemia nos trouxe de positivo. Em muitos casos esse período de distanciamento social trouxe queda de renda e dificuldades no orçamento para milhões de famílias, porém o momento também inseriu no dia a dia de todos novos hábitos que podem, se mantidos, ajudar a economizar e fortalecer as finanças pessoais.

Mais tempo em casa graças ao trabalho remoto, maior controle dos gastos, além de manutenções residenciais por conta própria. Estas foram algumas práticas que muitos brasileiros passaram a tratar como padrão assim que as primeiras medidas de distanciamento pessoal foram implementadas por governos e autoridades sanitárias. Para quem está com o orçamento apertado, algumas delas podem, definitivamente, ser agregadas ao dia a dia e, de alguma forma, ajudar na organização do orçamento.

"Milhões de famílias ainda enfrentam queda na renda por causa de demissões, redução salarial e diminuição das oportunidades de trabalho para autônomos. A freada da economia e as restrições de mobilidade impostas pela pandemia ainda devem durar algum tempo. Por isso, é recomendável manter hábitos adquiridos durante a quarentena", explica Camila Fontana, consultora de educação financeira do Banco Carrefour. "Neste período, aprendemos a viver com mais simplicidade e podemos usar esse aprendizado para seguir assim: de uma maneira mais econômica e sustentável no futuro", completa.

Confira as quatro estratégias da quarentena que podem ser mantidas ou aprimoradas para dar folga nas finanças domésticas neste momento ainda desafiador na economia:

- Anotar todos os gastos: Com tantas mudanças na rotina, na renda e no nosso consumo, é fundamental saber como o dinheiro está sendo gasto agora. Mantenha uma planilha ou caderno onde anota cada despesa, por menor que seja. Com este acompanhamento, fica fácil saber que gastos podem ser cortados e se há espaço no orçamento para compras adicionais e novos parcelamentos;

- Priorizar pagamentos: Mesmo após o choque inicial do coronavírus sobre a economia, é importante seguir avaliando quais são aquelas contas essenciais, ou com juros maiores, e dar prioridade a elas na hora de realizar os pagamentos. E, caso perceba que não vai conseguir quitá-las, buscar alternativas ou renegociações. Empresas de diversos setores ainda estão se adaptando à nova realidade e mostrando flexibilidade para não perder bons clientes;

- Fazer pequenos reparos por conta própria: Com o orçamento apertado e o receio de receber prestadores de serviços em casa, muita gente precisou arregaçar as mangas e reparar encanamentos, pinturas, roupas e eletrodomésticos sem ajuda especializada. Para manter este hábito, há tutoriais na internet que ensinam essas técnicas, permitindo economizar o dinheiro que seria pago aos prestadores;

- Buscar educação financeira: A queda repentina na renda mensal e no valor de aplicações financeiras obrigou milhões de pessoas a rever seus gastos e investimentos. A nova situação criou a necessidade de aprender a lidar melhor com o dinheiro e a buscar esse conhecimento em sites especializados.

Gostou do conteúdo?! Me segue também no Instagram @taisabibi, aproveita e se inscreve também no canal do Youtube Taísa Bibi.

Até a próxima!

Taísa Bibi com Assessoria